Translate

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Terminar bem - a lição

Ando tão energizado com o ritmo de trabalho que me esqueci de refletir sobre este ano de 2016. A reflexão faz bem à alma, ao corpo e ao espírito.

Então vamos lá. Será que conseguimos pensar no que fizemos de bom no curso do presente ano? Podemos terminar o ano a dizer a nós mesmos: “fiz muitas coisas boas, aprendi bastante, provei coisas novas, cai, levantei, realizei, perdi, ganhei, mas, finalmente, estou saindo melhor do que entrei”.

O sábio diria que é melhor terminar do que começar”, e diria ainda mais: «é melhor terminar bem». De uma coisa estamos certos, chegamos até o final. Conseguimos. E se estamos de pé já temos um bom princípio – estamos vivos para seguir em frente, a lutar e a manter os nossos sonhos vivos conosco.

Do segundo semestre do ano passado ao final do primeiro semestre deste ano passei por alguns momentos de combate intenso. Em meio a conversas com o meu orientador de Madrid, que muito me ajudou nos meus desafios acadêmicos, ele me propôs ir morar em Madrid (Alcalá de Henares) para ficar mais próximo a ele. Mas, eu não podia por questões financeiras. Nas nossas conversas eu lhe disse: “Professor, temos muitas dificuldades, mas a única coisa que eu preciso para conseguir avançar, é ficar vivo. Se eu estiver vivo, venceremos”. Ele com sua generosidade me disse: “Não te preocupes, Fábio, mantenha-te vivo que logo terminaremos bem”. E assim foi, terminamos bem. Após 8 meses de insistência, passei a fazer parte do Programa de Doutorado da sua instituição e hoje tenho o seu respeito e admiração. Em janeiro me mudo a Madrid.

«Terminar bem» é uma das lições que devemos aprender a colocar na prática das nossas vidas. Por mais que o começo ou as circunstâncias não colaborem, importa-nos ter a fé de que vamos terminar bem. No êxito, na felicidade, na paz, no amor, seja no que for – mesmo diante dos problemas que se colocam no caminho da conquista do que nos interessa – o importante é terminar bem.

Que este 2016 seja um ano em que possamos dizer: “terminei bem, sinto-me alegre, pois a vida me deu outra oportunidade de chegar até aqui”. Aqui estamos!

O próximo ano já está à porta. Começaremos com força, com fé e com muito trabalho, e que os nossos atos sejam atos de bem e que eles proporcionem novas oportunidades a nós mesmos e aos nossos próximos.

Feliz 2017!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário