Translate

domingo, 10 de junho de 2012

"A proteção jurídica da marca olfativa" do prof. Fábio foi publicado em revista científica

Caros alunos, amigos e leitores!
É com grande entusiasmo que vos apresento esta publicação, que é notadamente, de grande relevância no campo do  Direito da Propriedade Industrial, designadamente no direito das marcas. 
Partindo do segunte pressuposto: Para se proteger juridicamente as marcas há que se extrapolar o raio de subsunção que as legislações costumeiramente atingem, já que são pautadas geralmente em critérios pelo qual no registro de marcas  a orientação é baseada nos requisitos graficamente representáveis, o estudo aqui discutido analisa as possibilidades de se registrar uma marca olfativa, um sinal não representável graficamente, mas possuidor de distintividade. Fazemos referências às legislações europeias, com certa tradição neste tipo de proteção, dentro do domínio do direito de propriedade industrial.

O Artigo foi publicado recentemente (2012, mas retroage-se à edição do vol. 4, n.6 de jan/jun 2011) pela Revista Jus Societas - da CEULJI-Universidade Luterana do Brasil,  do Estado de Rondônia, norte do Brasil.

Recomendo-lhes a leitura por se tratar de uma discussão que é mais abordada em universidades de grandes centros industriais, logicamente mais inclinadas aos estudos da Propriedade Industrial. Porém a experiência mostra que o manuseio desta área do saber é muito importante para a abertura de oportunidades no mundo profissional, tanto no Brasil como no exterior.

Leia a íntegra do artigo publicado aqui.

Boa leitura!
Um forte abraço

Nenhum comentário:

Postar um comentário