Translate

sábado, 26 de maio de 2012

O dever de lealdade dos administradores: consequências no dever de não concorrência e não apropriação das oportunidades de negócios

Num artigo publicado no ano passado pela Revista Eletrônica Âmbito Jurídico, que possui mais de 70 mil leitores e tem um corpo editorial de elevado nível científico, foi publicado um artigo de minha autoria em coautoria com uma colega da Universidade do Minho, que tem como assunto os deveres de condutas dos administradores, especialmente o dever de lealdade.

Neste artigo abordamos as ações comportamentais dos administradores de empresas (corporações, etc.,) que estão vinculadas aos interesses da sociedade empresária, e quando são exauridos estes interesses e passam a um cariz pessoal, a base que sustenta a relação jurídica entre administradores e sociedade caracterizada pela confiança (fidúcia) rompe-se. Advém assim, consequências jurídicas no âmbito da responsabilização por danos.

Leia o artigo com os melhores pormenores aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário